sexta-feira, 30 de maio de 2008

As palavras têm poder...


Essa reflexão nos foi enviada pelo pastor Ray Conceição, do Ministério Internacional Toque do Oleiro.

Palavras Assassinas

"Com quem achares os teus deuses, porém, esse não viverá; diante de nossos irmãos descobre o que é teu do que está comigo, e leva-o contigo. Pois Jacó não sabia que Raquel os tinha furtado."
(Gênesis 31:32)

Muitas vezes não levamos em conta o poder que tem nossas palavras, o poder que tem nosso pensamento, porque pensamentos se tornam palavras e criam vida, abençoam tudo que fazemos ou alimentam o poder do inimigo, em nossas vidas, família ou vida de outros e terminam fazendo um efeito boomerangue: vão e voltam.

É tão interessante pensar no amor, na história do amor entre Jacó e Raquel. Ele trabalhou por ela quatorze anos. No meio desses quatorze anos, ele ficou decepcionado por receber uma esposa, que não era aquela que ele tanto amava. Então ele teve que trabalhar mais sete anos pelo grande amor de sua vida. Será que seu marido faria isso por você? Jacó fez por Raquel, provavelmente ele desejava todos os dias ver no calendário o dia que aquela que ele tanto amava seria sua esposa, seria dele, só dele. Mas você sabia que o próprio Jacó decretou a morte de Raquel?
Sim, é isso mesmo, ele sem pensar nas palavras que estava proferindo, decretou a morte de Raquel.

A Bíblia nos diz:

"A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto".
(Provérbios 18:21)

E foi exatamente esse fruto que Jacó comeu quando falou sem pensar no peso de suas palavras. Raquel tinha roubado os ídolos de seu pai, Jacó sem saber disso, fala:

"Com quem achares os teus deuses, esse não viverá".
(Gênesis 31:32)

Então vamos dar uma olhadinha em Gênesis 35:17-19:

"Quando ela estava nas dores do parto, disse-lhe a parteira: Não temas, pois ainda terás este filho. Então Raquel, ao sair-lhe a alma (porque morreu), chamou ao filho Benôni (filho de tribulação); mas seu pai chamou-lhe Benjamim (filho da mão direita). Assim morreu Raquel, e foi sepultada no caminho de Efrata (esta é Bete-Leém)."

Talvez você possa dizer, 'espera aí Ray, 'perai! você está exagerando, tinha chegado a hora dela. Raquel teve complicações no parto e morreu.'
Mas, eu quero levá-lo (a) um passeio até o Novo Testamento:

"No dia seguinte, depois de saírem de Betânia, Jesus teve fome, e avistando de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se, porventura, acharia nela alguma coisa; e chegando a ela, nada achou senão folhas, porque não era tempo de figos. E Jesus, falando, disse à figueira: Nunca mais coma alguém fruto de ti. E seus discípulos ouviram isso"......."Ao cair da tarde, saíam da cidade. Quando passavam na manhã seguinte, viram que a figueira tinha secado desde as raízes. Então Pedro, lembrando-se, disse-lhe: Olha, Mestre, secou-se a figueira que amaldiçoaste. Respondeu-lhes Jesus: Tende fé em Deus. Em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar; e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, assim lhe será feito. Por isso vos digo que tudo o que pedirdes em oração, crede que o recebereis, e tê-lo-eis."
( Marcos 11:12-24)

Há uma série de passagens da Bíblia, no Velho e no Novo Testamento que confirmam isso, mas quero deixar só mais uma para você:

"Ora, os homens de Israel estavam já exaustos naquele dia, porquanto Saul conjurara o povo, dizendo: Maldito o homem que comer pão antes da tarde, antes que eu me vingue de meus inimigos. Pelo que todo o povo se absteve de comer. Mas todo o povo chegou a um bosque, onde havia mel à flor da terra. Chegando, pois, o povo ao bosque, viu correr o mel; todavia ninguém chegou a mão à boca, porque o povo temia a conjuração. Jônatas, porém, não tinha ouvido quando seu pai conjurara o povo; pelo que estendeu a ponta da vara que tinha na mão, e a molhou no favo de mel; e, ao chegar a mão à boca, aclararam-se-lhe os olhos"
(1 Samuel 14:24-27).

Queridos, sem sombra de dúvidas há poder em nossas palavras. Se você ouvir o médico dizer: 'você está mal e você vai morrer em três meses' e você aceitar, assimilar, receber isso, pode ter certeza: você irá morrer em três meses, talvez até menos. Mas se você ouvir isso e disser: 'Eu não aceito isso, Deus me criou e Ele terá a ultima palavra sobre o tempo que eu vou viver!' Então querido, você pode viver ainda muitos anos.
Fico muito preocupado com famílias onde marido ou mulher são assassinos com as palavras que proferem. Maridos que amaldiçoam, mulheres que desejam mau. Pais que, ao invés de abençoarem, amaldiçoam. Lares onde as coisas tomam um vulto tremendo e as pessoas não sabem.

Ouvi a história de uma família cuja mãe já havia morrido, mas a mãe um dia, fora de si, nervosa, numa briga verbal com a filha disse: 'Você não vale nada, você nunca vai ser algo que presta, você é pior do que uma vagabunda (prostituta)'. Você pode imaginar o mal que essas palavras podem fazer a vida, nos ouvidos de um filho(a)?
Muitos anos se passaram, e aquela moça que um dia ouviu aquela palavra, havia entrado para o mundo da prostituição e estava vivendo de forma terrível, porque estava em situação difícil, e então concebeu que tinha que aceitar todo tipo de prostituição.

Mas como a coisa começou? A situação daquela moça foi indo de mal a pior. Nada que ela fazia dava certo. Por mais que ela lutasse, as coisas não melhoravam, só indo de mal a pior, até que um dia ela recebeu um convite para ser Scort girl, e o quadro que lhe foi apresentado era de ganhar um bom dinheiro, de sair da situação miserável em que estava. Ela jamais poderia imaginar que sua mãe, muito tempo atrás tinha vaticinado que ela chegaria onde estava chegando agora, que as palavras de sua mãe desencadearam uma sorte de males para ela. Ela chegou a estágios piores do que ela poderia um dia qualquer ter pensado.

Queridos, precisamos ter cuidado com o que dizemos. Um filho, uma filha que amaldiçoa seu pai ou sua mãe, não ficará sem pagar o custo por tal atrevimento, mas um pai e uma mãe, não podem perder o controle, a razão, e entrar pelo mesmo caminho de usar a boca para dar legalidade ao diabo.

Digo por já ter visitado diversas pessoas nos presídios e cadeias, muitos dos que lá estão, um dia tiveram seu destino decretado por um pai ou uma mãe, ou mesmo uma madrasta que os amaldiçoou, os chamou de diversos nomes, que profetizou só coisas ruins para alguém que era para ser a imagem do amor, da bondade, da graça e do perdão de Deus.

Lembro de um fato ocorrido há poucos dias. Um homem que havia matado diversas pessoas. Um homem cruel, sem piedade, uma arma humana pronta para matar. Alguém chegou para esse homem e disse: 'Você não precisa ser assim, você não foi criado para ser dessa forma; ao que ele respondeu sem nenhum sinal de vida em seus olhos: Eu sou sanguinário mesmo, foi assim que eu aprendi a ser'. Naquele mesmo momento o Espírito de Deus me disse: 'Ele é assim por causa do lar de onde ele veio'.

Logo, podemos assassinar, decretar o mal às pessoas que mais amamos, assim como Jacó matou, decretou a morte de sua esposa tão amada, pelo simples ato de abrir a boca e falar sem pensar, sem medir as conseqüências. Porque, qual a diferença entre matar e desejar a morte? Nenhuma; não diante de Deus.
O apóstolo Thiago nos diz:

"A língua também é um fogo; sim, a língua, qual mundo de iniqüidade, colocada entre os nossos membros, contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, sendo por sua vez inflamada pelo inferno" .
(Tiago 3:6).

A Palavra de Deus nos ordena:

"abençoai aos que vos perseguem; abençoai, e não amaldiçoeis".
(Romanos 12:14)

"Vês um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há para o tolo do que para ele". (Provérbios 29:20)

Se as coisas estão difíceis, se você tem um filho ou filha complicada, que desafia você, que desacata você, que enfrenta você, que diz palavras duras: abençoe e não amaldiçoe. Se você tem um marido que é pior do que chá de folha de carqueja, que fala mal com você, que agride você com palavras: abençoe e não amaldiçoe. Se você tem um gerente, chefe, ou patrão que não suporta você, e é igual a um osso duro de roer: abençoe, não amaldiçoe. Se você tem colegas de trabalho que são falsos com você, que querem ver você pelas costas, que sonham com o dia que você desistirá de trabalhar naquela empresa e nunca mais voltará: abençoe, abençoe-os e não amaldiçoe.

Se seu dia está terrível e você só vê pressão por todo lado, não vê uma saída: não amaldiçoe o dia, abençoe. Se você tem um vizinho difícil de conviver, que fala mal de você, que tenta tirar você do sério, roubando-lhe a paz: abençoe e não amaldiçoe. Se você tem uma sogra que é carne de pescoço, por mais que seja difícil: abençoe, não amaldiçoe.

Se você está no transito e alguém dá uma fechada em você, nem vou dizer para você não falar palavrão, porque cristão não fala palavrões, nem pensa neles, mas abençoa!
Como muita coisa poderia ser diferente se cada um de nós levasse em conta o valor de nossas palavras. O quanto que o que pensamos e o que tornamos em palavras pode ser até mesmo destruidor. Podemos perder relacionamentos que investimos tanto tempo e forças para conquistar, podemos perder bens e coisas que adquirimos com sacrifício, muitas vezes até com dores e lágrimas. Preste atenção, anote aí o que a Bíblia diz:

"Estás enredado pelos teus lábios; estás amarrado pelas palavras da tua boca"
(Provérbios 6:2)

Isto é muito sério, queridos. Sério demais para que não levemos em conta. Sério demais para que não paremos hoje e meditemos o estrago que muitas vezes palavras sem sentido, ditas por dizer, ditas em horas de raiva, podem desencadear.
Muitos casamentos que chegaram ao divórcio, começaram a ser arruinados pelas palavras mal-ditas, pelas maldições proferidas. Porque há três coisas que jamais voltam: A flecha lançada, a oportunidade perdida e a palavra proferida.

Seja um abençoador! Use sua boca para trazer benção, decretar a paz, a alegria e não a maldição. Abençoe sua casa, seus filhos, seu marido, esposa, sua família; abençoe o seu carro, mesmo se ele falha algumas vezes, se às vezes ele não quer dar partida quando você está com pressa, abençoe, e com certeza, Deus vai lhe dar um melhor. Não é amaldiçoando que ele vai dar partida e nem vai deixar de falhar. Veja o que você tem como benção e evite usar as suas palavras transformando tudo em maldição. Assassinando relacionamentos, família e tudo mais. Abençoe, abençoe, abençoe e abençoe!

Quem me conhece sabe que eu criei a expressão: "Te love". Não é necessário ser especialista em lingüística para saber o que o termo representa. Eu procuro demonstrar isso com meu modo de viver, com as palavras que saem da minha boca. Embora eu tenha toda certeza que estou longe de ser perfeito.

Não é porque um caixa no supermercado, ou numa loja de departamentos ignorou você ou tratou você mal, que você tem que retribuir da mesma forma. Se um filho rebelde diz a você: 'Eu odeio você, eu quero que você se dane'. Você pode lembrar o que a Bíblia diz:

"A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura sucita a ira".
(Provérbios 15:1)

E também que não podemos pagar mal com mal, mas que devemos vencer o mal com o bem. Logo, se alguém diz: Eu te odeio, você pode dizer: Você me odeia, mas eu te amo em Jesus, eu te abençôo em nome de Jesus.
Eu amo muito meu filho, ele é minha maior benção aqui nessa terra. Já que não vivemos juntos, já que não nos vemos sempre, eu procuro o máximo ligar para ele, ou deixar mensagens no telefone celular dele e em cada uma delas eu digo: 'Acima de qualquer coisa eu liguei para dizer que eu te amo.

Você é muito importante para mim.' Mesmo quando tenho que falar algo desagradável para ele, chamar-lhe a atenção, no final eu digo: Apesar de tudo isso filho, eu quero que você saiba que eu te amo. Jesus abençoe todo esse dia para você. Que Deus abençoe você onde você for, guardando-o do mal e livrando de dores'.

Você crê que isso pode causar algum impacto na vida dele? Eu creio que sim!
Você, querido (a) pode fazer o mesmo e até melhor.
Fomos chamados em Cristo para abençoarmos e não para assassinarmos ou amaldiçoarmos.
"Disse mais o Senhor a Moisés: Fala a Arão, e a seus filhos, dizendo: Assim abençoareis os filhos de Israel; dir-lhes-eis: O Senhor te abençoe e te guarde; o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; o Senhor levante sobre ti o seu rosto, e te dê a paz. Assim porão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei."
(Números 6:22-27)

De que adianta fazer o culto doméstico, viver nas reuniões da igreja, dar o dízimo, oferta, desejar um lar abençoado, se você usa sua boca para amaldiçoar, se você não tem controle sobre você e nem sobre sua língua? Como se pode querer um lar abençoado, um marido, esposa ou filhos transformados, se nós mesmos amaldiçoamos eles? Pense nisso!

Que Deus use suas palavras para abençoar e com certeza, Deus fará você colher muitos frutos de paz. Que para tanto Ele nos dê discernimento e abençoe.

"Querido Deus, ajuda teus filhos a terem domínio próprio, a controlarem seus pensamentos, ações e palavras que saem de sua boca. Tua palavra nos diz que: quem consegue controlar a língua, consegue também controlar os desejos do corpo. Dá a nós, teus filhos, o poder de vencer as limitações da nossa língua e usa-nos para abençoar por onde formos e onde estivermos. Te pedimos hoje, que nos lembres as palavras que já podemos ter dito que desencadearam forças do mal contra a vida e futuro de nossos familiares, ou amigos, ou seja lá quem for. Se assim fizemos, nos ajude a lembrar, a voltar lá, a perdoar até mesmo os que não querem nosso bem e abençoar, abençoar a qualquer um que tenhamos dito algo que possa causar dano na vida dessa pessoa , mesmo àqueles que possamos ter desejado algo mal. Limpa nosso coração, renova nossa mente, dá-nos um coração como o Teu e faze de nós verdadeiros abençoadores. Pedimos isso para a tua glória, em Nome de Jesus. Amém e amém."

Nos ternos laços feitos no Calvário;
Pr. Ray Conceição
Ministério Internacional Toque do Oleiro
Potter's Touch International Ministry

2 comentários:

Ana disse...

Olá meninas! Que mensagem maravilhosa, vamos vigiar na nossa palavras, pensamentos, e ações. Com certeza há poder nas nossas palavras. Vamos abençoar, abençoar, abençoar!!!!!!!!Amém Ana

Samuel Barbi disse...

Pessoal,

gostei tanto do texto e do blog que citei vocês no meu vlog.

Espero que gostem! Pq o seu blog foi uma bênção em minha vida!!!


Segue o link!

http://www.youtube.com/watch?v=DkrqTHieJgg

Grande abraço!